Como BPM e RPA podem contribuir para o desempenho dos processos da sua empresa.

A pirâmide organizacional está sendo invertida, e o cliente está ocupando o posto mais alto, e exigindo dos funcionários autonomia para tomada de decisões. As transformações pelas quais passam as organizações já estão alterando as condições de produção. É exigido processos cada vez mais automatizados, que proporcione agilidade e escalabilidade para o negócio.


Nesse caso, a automação de processo robótico (RPA) e o gerenciamento de processos de negócios (BPM) são ferramentas que proporcionam avanços no desempenho operacional das empresas ruma a uma Transformação Digital de fato.


O que são BPM e RPA?


BPM é uma disciplina de gerenciamento, é responsável por sistematizar e facilitar os processos organizacionais, costuma ser utilizado para integrar as estratégias e objetivos da empresa com as necessidades e expectativas do cliente.


Todos os processos irão passar por um ciclo de transformação, com modelagem, análise e propostas de melhorias para os processos, com ganhos de agilidade, redução de custos e foco principal nas necessidades dos clientes.


Já o RPA, é uma tecnologia para robotizar os processos com alta escalabilidade. Principalmente os processos de grande volume e repetitivos. A principal característica do RPA é a utilização dos recursos como mouse, teclado e monitor para executar tarefas como enviar e-mail, navegar em sites, formatar planilhas, ler arquivos de texto, pdf etc.



Ou seja, o objetivo desse modelo não é substituir um profissional, mas fazer com que a equipe possa se dedicar as atividades mais estratégicas e que exigem análises críticas, qualitativas e de tomadas de decisões.

Posts Em Destaque
Posts Recentes

© 2020  - www.drasi.com.br